Kali Yuga

  • A Era De Kali é a segunda parte de uma pesquisa de 10 anos, dois deles vividos entre os ascetas, que resultou também na tese de doutorado em antropologia Iogues Dissidentes: pedagogia de uma (in)disciplina emancipatória (UnB). Nele, o mundo dos naga e aghori sadhus é introduzido de forma matizada por sua própria imaginação simbólica e sociológica, assim como sua metodologia de conhecimento, darshan, empoderamento através da visão.

    Leia mais…

  •  

     

     

     

     

     
     

    A iniciação dos sadhus nagas acontece a cada três anos, quando noviços e noviças passam pelo diksha, um ritual que dura um dia e uma noite inteira e que simboliza a renúncia aos laços materiais e de família. De cabeça raspada como um recém-nascido, preparam-se para sua nova vida.

    Iogues Dissidentes 2
  •  

     

     

     

     

     
     

    Os nagas são renunciantes militares pois atuaram como milícias ao longo da história indiana. Estão organizados em regimentos, mas também formam linhagens secretas de iogues tântricos que ressignificam a guerra como um processo de conquista de seus próprios desejos e aversões.

    Iogues Dissidentes 3
  •  

     

     

     

     

     

     

     

    Passada a iniciação, poucos são os nagas que vivem em grandes grupos ou na sede dos regimentos. A maioria passa a viver com seus mestres, os gurus.

    Iogues Dissidentes 4
  •  

     

     

     

     

     

     

    Os gurus também são mestres de não renunciantes. Tais pais e mães de família costumam procurá-los para fazer satsang, congregar-se com sábios, ritual de aprendizagem e aconselhamento que nem sempre envolve a palavra.

    Iogues Dissidentes 5
  •  

     

     

     

     

     
     

    O universo é um expressão multicores do jogo das deidades, a dança de kamakhya, a deidade do desejo, sobre Shiva, a deidade asceta. Unidos, aludem à realidade cósmica, em que a essência se manifesta e a manifestação remete à essência, em que o tempo e sua conquista tecem a teia da vida.

    Iogues Dissidentes 6
  •  

     

     

     

     

     
     

    Maharaj Amar Bharti, cujo nome significa grande rei imortal da deidade da Índia, é um dos últimos quatro praticantes da austeridade urdhva-bahu que consiste em manter um ou ambos os braço constantemente elevados. O guru mantém seu braço direito em pé há trinta e sete anos..

    Iogues dissidentes 7
  •  

     

     

     

     

     

     

    Outra performance desafiadora do mundo moral dos não renunciantes é uma demonstração de desapego sexual: consiste em enrolar o pênis várias vezes em um bastão e passá-lo por trás do corpo, acrescentando-lhe um peso.

    Iogues Dissidentes 8
  •  

     

     

     

     

     

     

     

    Em uma sociedade profundamente patriarcal como a Índia, a presença das mulheres entre nagas, inclusive como mestres, também é uma forma de dissidência.

    Iogues Dissidentes 9
  •  

     

     

     

     

     

     

     

    Iniciadas passam o dia todo expostas aos elementos, à beira do Rio Ganges, cumprindo rituais e recitando mantras na companhia de gurus.

    Iogues Dissidentes 10
  •  

     

     

     

     

     

     
     

     

    Naga sadhvis continuam seu rito de iniciação com uma noite de vigília e mantras na sede do regimento, a portas fechadas.

    Iogues Dissidentes 11
  •  

     

     

     

     

     

     

     
     

    …após anos como sevak, responsável pelas atividades rituais e de manutenção do ashram de seu guru Hari Bharti.

    Iogues Dissidentes 12
  •  

     

     

     

     

     

     

     

     

    Sharada Bharti iniciou-se durante a Khumba Mela em Haridwar…

    Iogues Dissidentes 13
  •  

     

     

     

     

     

     
     

    Em um ato de subversão às normas sagradas dos brâmanes, a casta sacerdotal da Índia, iogues chamados aghori sadhus escolhem vestir-se com roupas que cobrem os mortos e alimentar-se em crânios humanos.

    Iogues Dissidentes 14
  •  

     

     

     

     

     

     

     

    O crânio humano está presente também entre os adornos utilizados pelos aghoris, numa lembrança constante da impermanência da vida como a conhecemos.

    Iogues Dissidentes 15
  •  

     

     

     

     

     

     

    Um ritual da tradição dos aghoris cada dia mais raro é o de ingerir pedaços de carne humana que sobram das fogueiras de cremação. Eles não o fazem para alimentar-se, mas para vencer as aversões que nos prendem à (ir)realidade material.

    Iogues Dissidentes 16
  •  

     

     

     

     

     

     

    Aghoris também subvertem sua própria tradição dissidente: Rajeshwar Ram, reconhecido guru aghori, aboliu todos os elementos simbólicos vinculados à morte, aproximando seus discípulos do mundo dos não renunciantes.

    Iogues Dissidentes 17
  •  

     

     

     

     

     

     

     

    Os dias de portador de crânio de Sundaram Baba já passaram. Hoje, seu caminho é movido por águas mais calmas, movidas a canabis.

    Iogues Dissidentes 18
  •  

     

     

     

     

     

     

     

    Percebida através de lentes tântricas, a espiritualidade para os iogues dissidentes é um empreendimento com vistas a orientar os sentidos para o sagrado tangível.

    Iogues Dissidentes 19
  •  

     

     

     

     

     

     

     

    O sagrado está presente no mundo sensorial. Sentir o divino é parte integral do tantrismo, perspectiva filosófica fundamentalmente definida pela experiência.

    Iogues Dissidentes 19
  •  

     

     

     

     

     

     

     

    No tantrismo, acredita-se que a expressão divina não existe sem alegria. Por isso, viver a espiritualidade demanda encantamento e bom humor.

     

    Iogues Dissidentes 20
  •  

     

     

     

     

     

     
     

    Descendentes da sabedoria louca dos 84 Mahasiddhas, iogues dissidentes medievais, alguns cultivam o olhar de Shiva, buscam manter-se em contato direto com o mundo da vida e ser totalmente impassíveis a ele.

    Iogues Dissidentes 21
  •  

     

     

     

     

     

     

     

     

    Sentir o divino é parte integral de uma religião definida pela experiência.

    Iogues Dissidentes 22
  •  

     

     

     

     

     

     

     
     

     “é difícil ter qualquer visão definitiva de uma ideia religiosa hindu, inclusive a ideia de Deus”.(Kabar,2008:141).  

    Iogues Dissidentes 23
  •  

     

     

     

     

     

     

     
     

    O hinduísmo é uma tradição produtora de imagens em que todo o universo manifestado é sítio da expressão divina.

    Iogues Dissidentes 24
  •  

     

     

     

     

     

    Yoga significa união do ser ao cosmos, seja através de posturas, do controle da respiração, de repetição de mantras ou de austeridades. Todos os métodos têm em comum o objetivo de transformar a fisiologia sutil do iogue e harmonizar seus centros energéticos, os chakras, representados na foto como flores.

    Iogues Dissidentes 25
  •  

     

     

     

     

     

     

     

    Mesmo após a morte, a pessoa empoderada e sua representação ainda carregam a eficácia de sua presença neste caso através da fotografia.

    Iogues Dissidentes 26
  •  

     

     

     

     

     

     
     

    Por terem passado na fogueira sagrada na hora de se iniciar, os sadhus não precisão mais ser cremados no fim desta vida. O  lugar do enterro se torna empoderado por sua presença.

    Iogues Dissidentes 27
  •  

     

     

     

     

     

     

     

     

    Todo um mercado foi criado em cima da imagem dos iogues dissidentes.

    Iogues Dissidentes 28
  •  

     

     

     

     

     

     
     

    Além de cobiçar um verbete no livro Guiness de recordes, Satyanand Giri pretende fazer a primeira transmição virtual do louvor diário ao Ganges que produz lado a lado com brâmanes.

    Iogues Dissidentes 29
  •  

     

     

     

     

     

     

     
     

    O aghori sonha em disponibilizar seus rituais online, especialmente para atingir um público estrangeiro.

    Iogues Dissidentes 30
  •  

     

     

     

     

     

     

     

     

    Satyanand giri cozinhando em seu refúgio ao som da novela “Eu quero ser Miss Índia”.

    Iogues Dissidentes 31
  •  

     

     

     

     

     

     

     

     

    A institucionalização da renúncia também pode ser percebida no coletivo.

    Iogues Dissidentes 31
  •  

     

     

     

     

     

     

     

     

    Sadhus têm cada vez mais contato com os grandes centros urbanos…

    Iogues Dissidentes 32
  •  

     

     

     

     

     

     

     

     

    …e podem ser encontrados no mercado, sem prejuízo à sua reputação de renunciantes.

    Iogues Dissidentes 33
  •  

     

     

     

     

     

     

     

    Alguns até mesmo têm profissões, como o dentista prático Babaji, em uma afronta direta à norma de que não se deve buscar inserção na sociedade como força de trabalho.

    Iogues Dissidentes 34
  •  

     

     

     

     

     

     

     

     

    Alguns sadhus especializaram-se em serviços rituais a não-renunciantes.

    Iogues Dissidentes 35
  •  

     

     

     

     

     

     

     
     

    Raízes usadas em tantra. Neste caso usadas em práticas de propiciação de forças cósmicas para efeitos de cura ou aflição.

    Iogues Dissidentes 36
  •  

     

     

     

     

     

     

     
     

     O alemão Datta Bharti, cuja iniciação testemunhamos há 10 anos, é fiel a seus votos.

    Iogues Dissidentes 37
  •  

     

     

     

     

     

     

     
     

    Iogues ocidentais costumam possuir excelente reputação, já que se imagina que tenham deixado uma vida de ostentação para trás.

    Iogues Dissidentes 38
  •  

     

     

     

     

     

     

     
     

    O sadhu francês Kailash Bharti fez o voto tradicional de abdicar do uso de roupas, seja na Índia ou na França, onde mora atualmente.

    Iogues Dissidentes 39
  •  

     

     

     

     

     

     

     

    Ele já tem vários discípulos indianos, alguns dentre os quais também praticam austeridades exigentes como a de ficar em pé por anos.

    Iogues Dissidentes 40
  •  

     

     

     

     

     

     

     

    Há estrangeiros que se tornam nagas, como o australiano Índia Bharti. Embora seja retraído, a performance musical é grande parte da vida de Índia Bharti.

    Iogues Dissidentes 41
  •  

     

     

     

     

     

     
     

    Raj Giri também é notório por suas performances: já apareceu nos jornais protestando contra o governo ou puxando um carro com o pênis, mas entre os nagas ele não é reconhecido como autêntico.

    Iogues Dissidentes 42
  •  

     

     

     

     

     

     

     

    Os nakalis são performers profissionais, pessoas que se fantasiam de iogues para ganhar a vida encarnando os exóticos nagas para turistas.

    Iogues Dissidentes 43
  •  

     

     

     

     

     

     
     

    Idealmente, os renunciantes devem abandonar todo conforto material, mas esse nem sem sempre é o caso.  O materialismo entre nagas é tolerado como sinal dos tempos degradados em que vivemos, Kali Yuga.

    Iogues Dissidentes 44
  •  

     

     

     

     

     

     

     

    Outro sinal dos tempos é a distribuição de água em garrafas plásticas, um artigo de luxo na Índia, nos grandes banquetes rituais dos regimentos.

     

    Iogues Dissidentes 44
  •  

     

     

     

     

     

     

     

    Sadhus na era de Kali: Maharaj Amar Bharti e seus discípulos são “dedetizados” durante o maior festival já documentado no mundo:        o Kumbha Mela.

    Iogues Dissidentes 45
  • Iogues Dissidentes 46